Caminhos da Floresta (2014) – Cuidado com o que você deseja

Cinema | Caminhos da Floresta:

O filme como um todo é muito bem produzido, não tem como negar a mão que o diretor Rob Marshal tem para adaptar musicais, como o filme “Chicago (2002)’.

29f2h4zInto the Woods é um  musical que tem como prévia mostrar uma crítica aos contos de fadas. Baseado nas histórias dos irmãos Grimm, a Disney e o diretor Rob Marshall nos trás a versão cinematografia.

Em um reino muito distante, existia uma jovem moça, Cinderella (Anna Kendrick), um menino de nome João (Daniel Huttlestone), uma garotinha de capa vermelha (Lilla Crawford), um casal de padeiros (Emily Blunr e James Corden), uma bruxa má (Meryl Strip) etc, etc etc… E um Lobo Mau (Johnny Depp). E muitos desses personagens possuem algo em comum, desejos. Desejam muita coisas boas para suas vidas.

Caminhos-da-Floresta

into-the-woods-still01O trabalho dos atores está do médio para ótimo, mas nada que estrague o enredo. Em destaque estão Emilly Blunt e Anna Hendrick que conseguem dar um show de atuação, ambas são engraçadas e possuem um ótimo “time’ para a comédia, além de catarem super bem. Meryl Strip dispensa comentários, é realmente uma atriz madura, incrível que sabe muito bem quem é e onde está na trama. Chega um momento na carreira de muitos atores que a facilidade em lidar com certos papeis se torna orgânico.  Ela concorre ao Oscar de melhor atriz coadjuvante.

A maioria dos atores no filme está razoável. os príncipes fazem um bom trabalho, mas o roteiro em si ajuda bastante na comicidade de suas cenas. A música ápice dele sé uma das mais engraçadas mas apenas nos contentamos com isso.  E outro personagem que sua muleta nada mais é que a própria Emily Blunt. James Corden funciona muito bem em dupla, mas em cenas solos deixa talvez um pouco a desejar.

INTO THE WOODS

O elenco infantil está muito bom, a mãe de João é uma boa atriz e passa aquilo que as cenas pedem. A madrasta e as irmãs de Cinderella assumem o posto verdadeiro do conto o que é um lado positivo para a Disney, mostrando a versão ditada pelos irmãos Grimm sobre o calçar o sapatinho.

Porém, o filme deixa algumas pontas soltas. Personagens que não necessitavam estra na trama e que não obtiveram uma finalização. E há casos em quem existem cenas muito bem representadas como no arco da chapeuzinho vermelho, que obteve um começo, meio e  fim, além da linda estética da cena, das canções e de um Johnny Depp engraçado e minimalista.

Into the woods

Nota---Into

Fora algumas dessas considerações, vale a pena ver no cinema, você irá rir e se divertir. Mas claro se gostar de musicais, pois filmes assim costumam serem massantes para quem não aprecia algo cantado quase o tempo todo.

E vale ressaltar que a Disney vem evoluindo e mudando seu conceito. Com ousadia em mudar o belo e bobo por cenas mais fortes, mas em outras nem tanto. Um ótimo filme que pode substituir ‘Encantada’.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s