Pássaro Branco na Nevasca (2014) – O Crescimento de uma Atriz

Crítica | Pássaro Branco na Nevasca: 
passadobranconevadaLaura Kasischkewhite-bird-in-a-blizzard-poster“White Bird in a Blizzard”
 assim como muitos filmes de hoje é a adaptação de um livro; da autora Laura Kasischke. Dirigido e roteirizado por Gregg Araki (Mistérios da Carne, 2004), com Shailene Woodley (Divergente, 2014), Christopher Meloni (Homem de Aço, 2013), Shiloh Fernandez (A garota da capa vermelha, 2011), Gabourey Sidibe (Preciosa, 2009) e Eva Green (Sin City: A Dama Fatal, 2014) no elenco. teve sua estreia nos E.U.A dia 24 de Outubro (Porém já exibido em alguns países) e sem data de previsão para chegada aqui no Brasil, porém, o filme fez parte da 38ª Mostra de Cinema de SP.

Katrina Connor (Shailene) é uma menina de 17 anos, assim como a maioria passa por mudanças devido a puberdade. Vive em atritos com sua mãe, Eve (Eva Green) que está cheia de seu casamento. Num dia sem mais nem menos, sua progenitora some, a deixando sozinha com o pai (Christopher Meloni). Tudo ocorre tranquilamente na vida da adolescente, porém, terríveis pesadelos a cerca de sua vida fazem Kat questionar a veracidade do desaparecimento de sua mãe.

Pássaro Branco na Nevasca

O filme se passa nos anos 90, drama com uma pitada de suspense consegue te segurar até o fim. As belíssimas atuações com destaque para Shailene Woodley, que simplesmente convence o espectador do que a personagem passa em sua vida. Eva Green que abusa de seu sex appeal e da ironia barata completa a trama do filme. Brock Connor, o pai da menina sério e sem maiores exaltações, mostra a vida monótona de um chefe de casa sem maiores crescimentos, levando a si mesmo a questionar os problemas de ter sido abandonado por sua esposa. Os demais atores como amigos e namorados apenas complementam as cenas, mostrando mais da personagem central e seus possíveis relacionamentos.

Pássaro Branco na Nevasca

O filme é um divisor de águas na carreira da jovem atriz. Ousada em escolher esse papel, pela primeira vez trabalha a nudez, que em questão no filme não é desnecessária, fazendo com que Woodley sai definitivamente dos papeis mais bobinhos feitos até agora, fincando seu nome como uma atriz adulta.
A fotografia do filme é muito boa, munida da simbologia do que as cenas representam, inclusive acaba por seu auto-explicativo em alguns momentos.

Pássaro Branco na Nevasca

As músicas são simples e baixa durante o longa dando ênfase no que se encontra no roteiro, onde Gregg Araki tece a sua teia no desenvolvimento do plot.

Pássaro Branco na Nevasca

Nota---Pássaro

O filme leva a nota 6,2 de 10. Trabalho excelente dos atores, com uma Eva Green menos nua que o normal com uma série de personagens coadjuvantes em ascensão no cenário atual de Hollywood, mas com certas cenas desnecessárias em alguns momentos em que não fariam falta na trama.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s