A Travessia (2015) – Um Passo para ficar História

Cinema | A Travessia: 

Um viajante do tempo. Um contador de histórias. Um francês equilibrista. Facetas diferentes, mas a mesma “mão” para filmes.

Cartaz 2 - A TravessiaA Travessia” é um filme dirigido por Robert Zemeckis (Trilogia: De volta para o Futuro, 1985) que também ajuda na roteirização junto a Christopher Browne (Operation Barn Owl [Short], 2014). Foi adaptado do livro escrito pelo próprio Philippe PetitTo Reach the Clouds“. Trilha sonora é do Alan Silvestri (Trilogia: De Volta para o Futuro, 1985) e a cinematografia de Jeremiah O’Driscoll (Náufrago, 2000). No elenco temos Joseph Gordon-levitt (500 Dias com Ela, 2009), Ben Kingsley (Êxodo: Deuses e Reis, 2014), Charlotte Le Bon (A 100 Passos de Um Sonho, 2014), Clément Sibony (O Turista , 2010) e Steve Valentine (Os Fantasmas de Scrooge, 2009).

A história real do equilibrista Philippe Petit (Joseph Gordon-Levitt), equilibrista em que seu sonho era atravessar as Torres Gêmeas usando apenas um cabo.

A Travessia 3

Philippe Petit (Joseph Gordon-Levitt) in TriStar Pictures' THE WALK.“The Walk” é um filme baseado em fatos, que tirando essa informação, passa despercebido e torna-se uma boa ficção. Mas ocorreu, e é fantástico imaginar como tudo isso ocorreu.

Se pegarmos “Forrest Gump” e unirmos a “De Volta para o Futuro”, temos tudo de bom dos dois filmes do diretor Robert Zemeckis. A forma como concebido e o roteiro, podemos ver as nuances muito parecidas com seus antigos filmes. Seja no maniqueismo da trama para com o objetivo principal ou a apresentação dos fatos em si.

Conseguimos nos prender logo no começo e ter empatia com o protagonista e assim a película consegue nos comprar. Mesmo nos variados momentos, temos consciência de que a situação é natural. Joseph Gordon-levitt tem carisma, convence com sua encenação. Mesmo sendo americano e tendo alguns problemas com sotaque, não acaba sedo um problema gritante e o filme ode ser visto sem problemas.

A Travessia 7

Ben Kingsley tem sua participação definida e objetiva e segura bem as cenas em que aparece, conseguindo estar inteiro no filme. Charlotte Le Bon, completa uma parte da característica de Petit, como se fosse “sua parceira no crime”, não tendo em si grandiosidade em sua participação, mas faz sentido para a visa do nosso protagonista . Assim como todos os outros personagens, que por mais que tenha aparição minimas, são todos importantes e algum momento.

Desde a tipografia do título do filme, conseguimos muito bem entender o filme. Tudo aqui é pensado em prol da película.

A fotografia é grandiosa como o filme e tem de ser, os efeitos das torres gémeas, com a parte alta é uma das mais incríveis que já vi. o 3D funciona muito bem e com tudo isso podemos enxergar o âmago do personagem. Robert Zemeckis não tem medo de utilizar os efeitos visuais e podemos ver isso no minimo gesto que os personagens fazem. Como quando Petit traça um uma linha reta por entre a imagem das duas torres gémeas em seu jornal e a câmera num 180º mostra a perspectiva inversa como se víssemos a imagem do personagem fazendo tal faceta.

A Travessia 6

A  trilha sonora é marcante e assim como as outras composições de Alan Silvestri ficará na mente das pessoas um tempo. Ele e Robert já trabalharam juntos anteriormente e vocês sabem bem qual rilha ele fez. E é por meio da trilha que mais uma vez a cena ápice do filme será lembrada. Nos momentos mais tensos que a música do filme, em si nos faz posicionar de outra forma na poltrona do cinema.

É por meio da magia do cinema que temos cenas maravilhosas que beiram a nossa realidade. sabemos que nem tudo é verdade, mas a verdade para o ator é tudo para nós. Joseph Gordon-Levitt teve o que chamamos de “Fé-Cênica” e isso é o que uma produção necessita para que o público acredite que aquilo é real. Eu espero muito que o ator receba uma indicação ao Oscar, pois merece e diferente de outros atores, subiu sozinho até o topo, sem precisar da ajuda de ninguém.

A Travessia 5

Philip Petit

Nota-5,0

“A Travessia” é um dos melhores filmes do ano. Ocupa um espaço de destaque a minha “locadora” mental. Boas atuações em um plot certeiro e uma trama envolvente. Robert Zemeckis sabe muito bem como contar uma história.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s