Magic Mike XXL (2015) – Extra Extra Grande, com muito “Show off” e nada mais além

Cinema | Magic Mike XXL (2015): 

De repente temos uma continuação do filme Magic Mike (2012), sem o diretor Steven Soderbergh e com uma trama bem mais simples em comparação com a anterior. Onde antes tinha um pano de fundo baseado em fatos, aqui é tudo um “show off” a parte com alguns pontos de interpretação a serem anotados.

Cartaz - Magic Mike XXLMagic Mike XLL é agora dirigido por Gregory Jacobs (Estrada Maldita , 2007) e roteirizado por Reid Carolin (Magic Mike, 2012). Tem no elenco Channing Tatum (Anjos da Lei 2, 2014), Juan Piedrahita (Um porto seguro, 2013), Sharon Blackwood (Duelo de Titãs, 2000).

Após um tempo fora de cena, Mike (Channing Tatum), se reúne novamente com antigos colegas, como Richie (Joe Manganiello) e Ken (Matt Bomer), em uma “road trip”. O destino é Myrtle Beach, em Miami, onde o grupo pretende fazer uma última grande turnê de despedida.

No primeiro ato do filme vemos consequência do que levou Mike a abandonar a vida de stripper e de certo modo começou a viver do que realmente gostava, porém, nada ia tão bem como ele imaginava. Isso nos leva ao reencontro dos velhos amigos e Mike volta a se lembrar de três anos atrás quando largou o antigo abito. O inicio da película se desenvolve de maneira interessante, com certos “demônios do passado” na alcunha do protagonista.

11.4_ 4842.tiff

Diferente do anterior na qual a personagem de Tatum é o único e maior destaque, aqui os outros personagens ganham uma participação maior e são mais explorados. Existe apenas um porém, os demais são esteriótipos de tipos de personagens. temos o ator de comerciais, pintor etc. Isso é feito de maneira crucial o filme inteiro. O que adianta dar maior oportunidade a todos, se essa é baseado em jeitos e trejeitos pré-fabricados?

O Segundo ator se torna um pouco massante, não apresenta acrescenta nada demais para a história e apenas desenrola quando a cena fixa-se em Channing Tatum, que demonstra uma melhor aptidão no roteiro e trabalha bem a sua atuação. Mas o relacionamento entre os amigos é uma coisa boa a se notar e vemos uma química interessante entre eles.

10.22_ 2977.tiff

Nota---Indurgente

Não há sequer alguma demonstração do que a trama quer dizer e veio de um primeiro filme que termina redondo e sem margens para qualquer continuação. O único ponto aqui é a amizade e o único proposito do roteiro. Ou talvez que não devemos esquecer o nosso passado. O filme todo é um eterno show off que apela para o sex appeal e algumas cenas que ser engraçadas para tentar puxar o público, mas está na cara que MMXXL fora feito e unicamente para lucrar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s