Os 6 Ridiculos (The Ridiculous 6, 2015) – Velho Oeste, Piadas Prontas e Adam Sandler

Cinema | Os 6 Ridiculos: 

Não adianta de nada o Sandler sair da Sony e ir para o Netflix se as comédias continuam sendo as mesmas. O estúdio em si apenas dá o dinheiro e distribui.

Cartaz - Os 6 RidiculosThe Ridiculoud 6” é uma comédia dirigida por Frank Coraci (Juntos e Misturados, 2014) e roteirizada por Tim Herlihy e Adam Sandler (Pixels, 2015). Trilha sonora de Rupert Gregson-Williams (Um Conto do Destino, 2014) e Elmo Weber (Tenacious D – Uma Dupla Infernal, 2006) e Cinematografia de Dean Semler (Malévola, 2014). No elenco temos Adam Sandler (Pixels, 2015), Taylor Lautner (Lua Nova, 2009), Steve Buscemi (Trocando os Pés, 2014), Terry Crews (Os Mercenários 3, 2014), Rob Schneider (OMG, I’m a Robot!, 2015), Whitney Cummings (Padrinhos LTDA, 2015), Harvey Keitel (O Grande Hotel Budapeste, 2014), Nick Nolte (Guerreiro, 2011), Danny Trejo (Machete Mata, 2013), Luke Wilson (Um Homem Entre Gigantes, 2015), Steve Zahn (Clube de Compras Dallas, 2013), David Spade (Entourage: Fama e Amizade, 2015), John Torturo (Êxodo: Deuses e Reis, 2014) e Jorge Garcia (Lost, 2004).

Seis homens que possuem algo em comum, são irmãos por terem o mesmo pai que em apuros precisa que todos se reúnam para salva-lo.

Capa - Os 6 Ridiculos

Vamos recapitular a “longa” carreira do ator Adam Sandler. Ele só fez comédias e os que não eram comédias ele agia da mesma maneira. Temos que ter em mente que o cara é um comediante e como alguém que trabalha o riso, deveria ser mais esforçado pois para ele a “Piada Pronta” reina e nesse filme original da NetFlix não deixa de ser diferente.

O roteiro segue uma métrica bem linear, baseando-se nos Westerns antigos e deixando muito claro todas as referências a esses filmes, inclusive no nome que faz menção ao “Os 8 Odiados”, novo filme de Quentin Tarantino que estreia no Brasil dia 07 de Janeiro de 2016.  E tendo isso em mente o filme usa e abusa de todas as técnicas para se fazer o público rir. Não tem nada de novo e os personagens tem em mente todos os esteriótipos possíveis. Contamos com causos e plot-twists e nada mais além.

Talvez a parte boa das atuações seja pelo carisma que alguns atores possuam, como Terry Crews, que tem uma legião de fãs por usar o seu jeitão nos filmes. Fora isso há muitos atores como Steve Buscemi, John Torturo entre outros que fazem boas participações, mas são pouco utilizados. Foram bem raras as horas em que consegui esvoçar mais que um leve sorriso de canto.

A trilha sonora brinca com a coisa do velho oeste e a cinematografia acaba copiando a formula existente nesse tipo de filme. Como falei, a película apenas reinventa algo que teve (e tem) sucesso. Não se preocupa em ir atrás do novo, mesmo que seja algo cômico. Tarantino conseguiu trazer comicidade em seu “Django Livre” dando um toque seu no filme considerado um novo Western.

Os 6 Ridiculos 3

Nota---Cake

“Os 6 Ridículos” consegue mesmo ridicularizar ainda mais o tipo de comédia do famoso Adam Sandler, pois não importa quem irá patrocinar e distribuir seus filmes, é a linha que gosta de trabalhar. Atinge algum público, sim, por isso que até hoje está em alta.

Essa sátira ao estilo “velho oeste” não oferece nada inventivo, copia muitas coisas e trás piadas prontas do começo ao fim.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s