Ponte dos Espiões (2015) – A Linha foi Traçada

Cinema | Ponte dos Espiões: 

Tem tudo aquilo que amamos e gostamos nos filmes do diretor Spilberg, e ainda por cima um roteiro muito bem revisado pelos irmãos Cohen. Com interpretação de Tom Hanks é tudo feito para que dê certo.

Cartaz - Ponte dos EspiõesBridge of Spies é um filme dirigido por Steven Spilberg (Lincoln, 2012) e roteirizado por Matt Charman (Black Work [TV Mini-Series], 2015) e revisado por Ethan e Joel Coen (Hail, Caesar!, 2016). Trilha sonora de Thomas Newman (007 Contra Spectre, 2015) e Cinematografia de Janusz Kaminski (O Juiz, 2014). No elenco temos Mark Rylance (O Franco-Atirador, 2015), Tom Hanks (Walt nos Bastidores de Mary Poppins, 2013) e Austin Stowell (Whiplash: Em Busca da Perfeição, 2014).

Em plena Guerra Fria, o advogado especializado em seguros James Donovan (Tom Hanks) aceita uma tarefa muito diferente do seu trabalho habitual: defender Rudolf Abel (Mark Rylance), um espião soviético capturado pelos americanos.

Ponte dos Espiões 4

O roteiro é dividido em dois atos, sendo um totalmente diferente do outro, algo que pode ser denominado um drama de tribunal. E logo pelo seu começo vemos as nuances do diretor muito bem postas com jogos de câmeras que nos remetem ao longo e lento contar de uma história. Mesmo que seu começo seja um pouco frenético, é aquele inicio, o prólogo que serve de apresentação para que Tom Hanks entre em cena.

Durante toda a trama é que vemos a forte ligação entre Hanks e o ator Mark Rylance que faz o antagonista. E há uma grande diferença entre seus papeis, sendo de um advogado americano para um réu soviético e é nisso que o roteiro gera um trunfo, onde a humanidade de ambos personagens é posto a prova e mesmo tendo como pano de fundo a guerra fria, nos faz pensar que nenhum lado está certo naquele ambiente caótico.

Ponte dos Espiões

Na segunda parte do filme, o tom muda drasticamente e o ritmo também abaixa. Parece uma outra história com o mesmo personagem. Algo parecido ocorre nessa parte do filme como manterem cativo um soldado das forças aéreas americanas, mas que não dá o mesmo impacto que do primeiro ato. O que acaba sendo mais interessante é Tom Hanks indo para a Alemanha oriental para resolver acordos.

O que fica um pouco massante é o vai-e-vem do personagem, que em seus momentos finais volta a ter maior importância, terminando de forma boa e bem a cara do diretor, mas com certas peculiaridades. Como por exemplo um certo tom de humor ao roteiro, algo necessário que serviu bem como válvula de escape para uma história séria.

Ponte dos Espiões 3

As interpretações, como eu disse, Tom Hanks está excelente como sempre e a essa altura ele trabalha sem ter muito o que ser exigido de Spilberg, com que contracenou inúmeras vezes. Ele é um ótimo ator e sabemos que atuar ao seu lado é complicado, porém, Mark Rylance soube bem como estar ao lado dele e conseguiu roubar a cena.

Fora isso as outras interpretações são normais, nada a declarar e são todas funcionais para a trama. Um filme que apresenta bastante personagens tendem a criar cenas desnecessárias, mas aqui quase todas são importantes e o que pode gerar um certo desconforto em quem não está acostumado a esse tipo de filme, porém, escrito de maneira minuciosa faz de todos esses encontros de personagens na trama algo que é funcional.

Ponte dos Espiões 2

A cinematografia é muito bem idealizada, colocada na trama ajuda a identificar os personagens. Jogo de luz e sombras e de uma maneira que diferencie os dois lados da moeda de ambos os países. Spilberg sabe o que faz e conduz com maestria todos os planos com afinco.

A trilha sonora é funcional também, e ilustra o pano de fundo e se mantém inteira até o final.

Nota---CDZ

“Ponte dos Espiões” é um ótimo filme de um diretor experiente, vale a pena ser visto e é para aqueles que gostam bastante do diretor, pois a trama pode não empolgar a todos. Boas atuações e um roteiro bem escrito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s