Crônicas de Ghanor

Uma das coisas boas que me ocorreram no ano de 2016, foi finalmente ter conhecido o gênero podcast – que entrou na minha vida, como uma mulher linda, incrível e gostosa a qual não podemos dizer não – Isso tudo começou graças ao programa semanal do site Jovem Nerd; o NerdCast, um dos maiores de todo o Brasil.

Claro que como todo bom nerd que acompanha tanto o Site, Nerd Office, Nerd Player etc, também precisava ouvir os NerdCasts. Dentre tantos; que somam mais de 500 programas, existem os famigerados especiais de RPG (Role-playing game), que para quem não conhece, uma breve explicação.

RPG, “Jogo de interpretação de papéis” ou “jogo de representação”, é um tipo de jogo em que os jogadores assumem papéis de personagens e criam narrativas colaborativamente. O progresso de um jogo se dá de acordo com um sistema de regras predeterminado, dentro das quais os jogadores podem improvisar livremente. As escolhas dos jogadores determinam a direção que o jogo irá tomar.

Para saber mais, o próprio Jovem Nerd preparou o terreno e existem alguns NerdCasts explicando mais sobre regras, livros etc.

podcast_155_tit

NerdCast 155 | RPG – D&D e as regras da casa

podcast_196_tit

Nerdcast 196 | RPG – Quem é o Mestre?

 Para maiores informações e programas, acessem: NerdCast.

Mas se com tudo isso em mão, ainda assim ficou difícil entender o que seriam os RPGs? Melhor ir direto para a parte que eu falo das duas trilogias especiais produzidas pelo Grupo Jovem Nerd. São elas: O Especial RPG (medieval) e RPG Cyberpunk.

~

As Crônicas de Ghanor | Ep. I | O Bruxo, a Princesa e o Dragão

nc251_wallpaper

Sinopse | Lambda lambda lambda! Nesse episódio; Alottoni, Carlos Voltor, JP, Eduardo Spohr, Tucano e Azaghal, o anão realizam uma vontade antiga e jogam pela primeira vez uma hilariante e inesquecível PARTIDA DE RPG EM PODCAST!

Nesta aventura: Embarque nos maiores clichês do gênero, enquanto este grupo de aventureiros politicamente incorretos desbravam tavernas, florestas e calabouços para resgatar uma virgem princesa! Ou será sua fortuna?

Assim como diz na própria sinopse, era para ter sido apenas uma jogatina (demonstrativa) que terminou numa experiência auditiva sem limites. Pois não é apenas um jogo entre amigos é uma produção de nível Áudio Visual, bem parecido com áudio dramas ou as antigas novelas de rádio.

O que era apenas uma vontade daqueles jogadores, deu certo e o NerdCast de RPG se tornou algo importante para todos os fãs. Visto o inúmero sucesso junto a criação de livros e outras coisas que apenas expandiram ainda mais esse universo. Fazendo o site não só gerar artigos, resenhas etc sobre a cultura pop, como também criar os próprios conteúdos.

NerdCast 94 | Max, Traga Minha Capa! – Entrevista com Guilherme Briggs

podcast_094_tit

Em outros podcasts nos deparamos muitas vezes com pequenas passagens de livros, seja sobre o pai da robótica Isaac Asimov ou até “A Batalha do Apocalipse” de Eduardo Spohr. Sempre narrada pela voz do ator e dublador Guilherme Briggs.

Não é de hoje que muito das boas produções “pop” feitos no Brasil, não passassem pelas mãos empreendedoras de Alexandre Ottoni e Deive Pazos. Seja livros, animações e até canais no You Tube que tenha o selo “Amazing Pixel“, só demonstram o poder de influência que os dois “SEOs” (SEO Azaghal e SEO Jovem Nerd)¹ tem para produções criativas. Esse especial RPG, tanto de produção quanto para realizadores está de parabéns, pois foi o divisor de águas para que muitos produtores de conteúdo Web pudessem mostrar seus trabalhos.

Nerd-Ceia

Nerd Ceia – Desafio Aceito por Bruno Sathler

Analisando o NerdCast em si, sobre “roteiro” que é de fato uma criação (a priori) do Mestre do jogo, é bem crível para aquele universo. Alexandre levou em conta os participantes e a maneira como todos se portam para poder compor uma boa aventura. Não espere por cavaleiros que estão prontos para salvar belas damas e princesas; aqui o humor é muito maior e com certeza você irá rir com as escolhas e maneira como os personagens se portam, perante a ventura.

Os personagens são muito bem caracterizados e mesmo aquele que interpreta menos, ganha espaço na aventura. Justamente pelo jeito descontraído do mestre e dos outros jogadores.

roshton-caveJogador: Carlos Voltor | Personagem: Roshton Cave
Tipo | Barbaro/Humano

Carlos ou Caquinho, para os amigos é descrito por Azaghal comoFoda por saber como jogar e ter as melhores estratégias de combate. Acabou conhecido pelo público como Dado Viciado pelo alto indicie de números altos na hora de rolar o dado.

Nessa aventura, se demonstra um dos mais fortes tendo total importância até o final da aventura, por terminar como portador do martelo de guerra do lendário herói; Ruff Ghanor.

JogadorJP | Personagem: NilPertonilperto
Tipo | Bardo/Humano

JP pode ser considerado o personagem mais normal nesse bando de loucos, mas ainda assim faz parte desses desajustados. Muito da narrativa ter fluência vem por conta dele. Responsável pela aventura voltar ao seu foco. Tirar os jogadores do “off-topic“. Tanto que no RPG Cyberpunk é ele o autor do personagem que unifica todos os outros.

O Bardo de aparência 99, com louros cabelos esvoaçantes e que toca sempre sem tamborete (as vezes chocalhos) para auxiliar e dar força, destreza etc ao seu grupo.

artimusJogador: Eduardo Spohr | Personagem: Artimus
Tipo | Humano/Paladino

O autor de A Batalha do Apocalipse foi um exímio jogador de RPG, porém, aqui no NerdCast ele ficou conhecido como o Paladino que não acerta uma. Sendo o centro da piada no primeiro episódio. Personagem focado, Lawful Good e que é o primeiro a querer resgatar a princesa do temível vilão; o Mago Zamir.

Infelizmente apenas apareceu nesse episódio, não podendo participar dos demais. Um autor com tempo cronometrado para escrever seus livros. Mas foi um bom consultor, quando Alexandre Ottoni precisou de ajuda para compor os outros episódios dessa saga.

Jogador: Fernando Russell/ Tucano (ou Cancer Jack) | Personagem: Feldon feldon
Tipo | Elfo/Druída – e Bêbado

Um dos maiores alívios cômicos de todos os nerdcasts que além de engraçado foi o responsável pelo maior plot twist que nem o Mestre esperava.

Sempre com seus personagens que beiram ao alcoolismo e sem explicar muito conseguiu
ganhar o coração da galera e ter as maiores transformações impossíveis de se imaginar em animais.

rufus-caveJogador: Rex | Personagem: Rufus Cave
Tipo | Humano/Barbaro

Rex é na vida real, irmão de Eduardo Spohr, mas aqui no nerdcast especial de RPG é o barbaro irmão do personagem de Carlos Voltor.

Entrou para esse time apenas na segunda aventura e desde então acaba ganhado o posto de galanteador e mulherengo do grupo. Responsável pela icônica cena da rosa…

(e outras mais).

Jogador: Afonso “Tresdê” | Personagem: Ed Sert
ed_sertTipo | Humano/Bobô da Corte

Conhecido por ser o Kenny do grupo, e ter personagens que apenas servem para morrer. Aqui em questão, a sorte não esteve a seu favor.

Quem sabe na próxima ‘3D’ seu personagem não tenha algo melhor a acrescentar na história. Sabemos que apesar disso tudo, sua participação rendeu bons risos…

ruprestJogador: DeiveAzaghalPazos | Personagem: Ruprest
Tipo | Doppelgänger/Ladrão

Azaghal inicia a jogatina e conseguimos enxergar de fato o que chamamos no RPG de Jogador Ator. Ele entra na campanha, interpreta e joga.

Além, claro, de ser um ótimo alivio cômico.  Sabe como ninguém criar bons personagens, como Ozob; replicante, albino e palhaço do próximo especial de RPG.

Depois dos personagens que complementam a fase de jogo. Temos a edição do podcast que na época não fora editado pelo Leo Lopes do Radiofobia. Azaghal e Alottoni que fizeram tudo. Uma edição boa que para o público sonorizou ainda mais a trama. Essa é a parte da experiência sonora que tanto citei aqui.

rex

Alottoni (JN), Rex (Rufus Cave) e Azaghal

Um jogo de RPG é bom quando o Mestre pensa nas músicas, seja para batalhas ou até em cidades para dar o tom e a graça do jogo. Efeitos sonoros também são importantes na hora da edição e complementam ainda mais essa experiência ou – o barulho que passa do seu ouvido esquerdo para o direito, por exemplo – Esse é um grande diferencial.

Vimos que o offtopic apesar de não ser uma boa ideia – segundo Azaghal – é o que faz do site Jovem Nerd, vivo hoje em dia. O Slogan O Mondo Pop Vira Piada no Jovem Nerd acaba sendo uma marca registrada que exemplifica quem são os dois “Seo.

pantano

O Último nerdcast RPG que saiu, apesar da temática de suspense, ouve sim offtopic e piadas. Mas esse papo é para outro artigo…

A publicidade é outro fator incluso nos especiais de RPG – Mas… Ah! Isso é coisa de mercenário, eles querem é ganhar as nossas custas – Ledo engano, o Site do JN é uma empresa, gera capital e é um dos mais acessados do Brasil, logo muitas outras empresas querem fazer propaganda com eles e te falar, fazem da melhor maneira possível e com criatividade. Toda e qualquer inserção deles é posto no contexto da trama. Não existe ponto sem nó e não abusam demais disso.

Mas bem, falei muito e mostrei porco (acho), fiquem a seguir com os outros dois episódios dessa saga. Lembre-se de usar seus fones de ouvido para ampliar a sua experiência, pois são essenciais:

As Crônicas de Ghanor | Ep. II  | O Duque, a Rosa e o Beholder

vitrine440px_podcast291

As Crônicas de Ghanor | Ep. III | “O Corvo, a Periguete e o Bucentauro

destaque_podcast_rpg3

14582343_1744941649088642_1122453096803336192_nApós ouvir todos os episódios, saibam que todo esse universo é expandido em dois livros até então publicados: A Lenda de Ruff Ghanor – “O Garoto-Cabra” e “O Herdeiro do Leão“, escrito pelo autor Leonel Caldela. Em breve crítica aqui no blog.

Existe também – por fim – o livro ilustrado “As Crônicas de Ghanor“. Com imagens e muita informação sobre o Universo do RPG e da lenda do Santo de Pés Descalços.

Uma dica que darei – como um bom leitor – é ouvir músicas enquanto lê. Muito recomendado que sejam ou em outra língua que não em português (pois pode atrapalhar o entendimento), ou então aquelas incidentais que apenas são tocadas, instrumentais.

E aproveito esse espaço para compartilha duas playlists que fiz baseado nos dois livros. Acessem o link a seguir:

 



¹em um NerdCast a dupla JN e Azaghal brincam sobre CEOs de grandes empresas no Linkedin e fazem um trocadinho com as palavra “Seu e CEO”.

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Crônicas de Ghanor

  1. Pingback: A Lenda de Ruff Ghanor | “O Garoto-Cabra” de Leonel Caldela

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s