Capitão America: O Primeiro Vingador (2011) – O Escoteiro e um Bom Americano

Análise/Crítica | MCU | 1. Capitão America: O Primeiro Vingador (2011)

Cap’n América

Pô, Bicho! – Nunca pensei que estaria escrevendo para um Blog – Como diz na minha descrição aí em baixo, sou o Ian Albuquerque, mas pode me chamar de Albuian. Sou um cara bastante curioso por quadrinhos e um grande amante das obras cinematográficas da Marvel. Nada contra a DC, mas a ‘Marvelous‘ cria personagens muito mais carismáticos e que me apetecem. Então, serei o grande especialista em filmes de herói por aqui; E para começar com o pé direito, por que não pela ordem cronológica do MCU? – Peguem a pipoca, liguem o Netflix, ou baixem… sei lá… mas, preparem para embarcar nessa viagem rumo aos filmes dos melhores heróis de todos os tempos.

Steve Rogers

Cartaz | Capitão América: O Primeiro Vingador

Mesmo esse não sendo o primeiro filme publicado pelos estúdios Marvel – E sabemos que eles trabalham assim – O Primeiro Vingador entra na lista como o primeiro na cronologia, até mesmo por se passar num período histórico anterior a qualquer outro herói deste Universo, sendo posto no meio da Segunda Guerra Mundial.

Steve Rogers é um garoto franzino, mas com um grande sonho de um dia, tornar-se um soldado. Uma premissa interessante, junto de um plot que remete ao maior sonho desse protagonistas. É interessante como o roteiro nos apresenta a esses pequenos pormenores, mas que fazem total diferença no contexto geral da Obra. Por exemplo, somos apresentados a personagens importantes como seu melhor amigo, Buck e/ou a Agente Carter – Como bem sabemos, ganhou uma série própria – Tudo mais ou menos como um lembrete de que é a grande fundadora dos Agentes da Shield que praticamente é o elo de ligação entre todos os filmes da Marvel. Mas, voltando ao Capitão.

Todo bom grupo de heróis, existe um bom samaritano, aquele que todos seguem. O famoso “Escoteiro” – Tal qual a DC tem seu Superman, nós ficamos com o Soldado Honrado – Hoje, o homem das “Mil Referências”. E o nosso querido Chris Evans, trouxe com maestria e deu vida ao grande personagem do Universo Cinematográfico da Marvel.

Como eu disse ali em cima, a empresa maravilhosa criou todo um conceito em cima de seu universo. o Capitão em si não foi seu primeiro filme e estreou bem depois de outros heróis. mas para ter uma “identificação” com o primeiro filme dos Vingadores, era extremamente necessário conhecermos Steve Rogers. E mesmo não sendo o primeiro na lista de preferido do público, era na época um dos poucos heróis não vendido para outros estúdios; Era a vez de torná-lo importante novamente, a ponto trazer de volta fãs da velha guarda, como também novos.

Cap'n America

Capitão América na Guerra com seus aliados. Um filme bem focado no Herói de Guerra.

Agora sobre a história. Mostrando o passado do personagem (sendo alvo até mesmo de influência para o novo filme da Mulher-Maravilha da DC) e inovando desde já na produção cinematográfica. A Marvel nada mais faz, do que trazer de volta a sensação que era de antigamente quando comprávamos quadrinhos. E nessas horas que entra toda a minha satisfação de ser um atual entusiasta do cinema heroico – Há muitos anos arás tínhamos o maior evento de Comics, claro (Comic Con) e que diferente do que ela é hoje, o foco sempre foram os quadrinhos – É inegável não evoluir, mesmo que hoje você diga que os filmes estragam as obras originais, sabemos que elas precisam mais do que nunca mudarem de mídia até mesmo para angariar o público novato.

A Marvel, hoje, é também cinema – Além de jogos, livros etc – E ela pode coexistir em ambos os universos. e cabe a você, público, escolher qual consumir. Ou consumir ambos… tentando extrair o máximo possível de tudo.

Nota: 8,0

Bom, espero que tenham gostado desse primeiro artigo. Não é uma crítica em si ao filme, mas uma maneira de tentar trazer o meu pensamento quando assisti “Cap’n América” . E tentar dar minha opinião sobre essa industria.  Deixe seu comentário aqui em baixo, para que eu possa entender seus pontos de vista e conversar mais sobre…

PS. Sim, os artigos serão simples. sei que ele é criação do gênio de Jack Kirby, mas muitos já falaram e ainda vão falar sobre ele, nãos endo necessário citar sua história aqui.

Só para ser o Diferentão, fique com o Trailer Honesto de Cap’n América…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s