Do D-Pad à Realidade Virtual: Será possível um dia?

Artigo | Do D-Pad à Realidade Virtual: Será possível um dia?

Por Thiago Possa
Editado e Revisado por Diego Ramon

Realidade Virtual

Seu controle tem um D-Pad?

Não sabe o que é isso? – Calma… Não vou te julgar. É o botão direcional em forma de cruz, esse mesmo que hoje você quase não usa, mas foi criado umas boas décadas atrás pela Nintendo no NES e permanece até hoje.Como eu disse, dependendo do game que você esteja jogando ele não é muito utilizado, principalmente os games de ação em terceira pessoa que prioriza o uso do analógico, mas o D-PAD sempre estará lá para alguma função.

Para alguns gêneros específicos o D-PAD cai como uma luva; Para qualquer game em 2D ele estará presente, e pra quem não tem um fightstick pra jogar os games de luta recentes ele também vai servir melhor do que o analógico.

O Kinect teve um impacto muito grande na industria pelas suas capacidades demonstradas em vídeos – Infelizmente nunca chegou a concretizar o que foi prometido – Ainda assim faz um ótimo trabalho com jogos de dança. Exatamente como o D-pad o Kinect tem um gênero especifico onde ele é o “rei”.

Existe um terceiro elemento nessa história, a realidade virtual.

Seria tudo isso mesmo?

Durante todo o desenvolvimento do óculos, muito se falou a respeito das possibilidades de mergulhar na realidade virtual, sentir a escala dos games livre das telas as quais estamos acostumados, só que agora quando temos um mercado com variedade de opções em dispositivos VR percebemos que não há tantos atrativo assim.

Vou tentar explicar brevemente, porém, o principal fator para a realidade virtual não ter se tornado o ‘hit’ que prometeram inicialmente, é pela falta de investimento em produção de conteúdo pelas grandes desenvolvedoras.

A maior parte dos projetos começaram por desenvolvedores indies sem muita esperiência a respeito do que funcionaria ou não. Assim, na base da tentativa e erro descobrimos que para um jogo VR não lhe dar dor de cabeça, deve se ter uma taxa de frames muito alta: 90 fps no minimo. Muito movimento também pode causar problemas, já que seu corpo não esta se movendo, então os jogos, geralmente seguem o modelo de clicar para teleportar, isso quebrou muito da imersão que esses jogos poderiam ter.

Mas os nossos miolos dependem de referências do mundo real para conseguir entrar de cabeça no virtual, eis que então apareceram algumas tecnologias capazes de inserir sua mão dentro do jogo – Muito efetivo, mas ainda não perfeito – Existem estudos a respeito da simulação do nariz dentro do jogo, pois quando você não vê o seu nariz, você fica mais propenso a ter enjoo.

Bem, depois de citar tantos problemas, podemos alegar que o VR esta morto, certo? – Talvez esteja, só que ainda existe uma nova possibilidade onde ele se encaixaria como uma luva
Usando a realidade mista.

No video podemos ver a transição de um rapaz num volante, ligado a um computador e usando os óculos vr, com uma camera que faz o papel de seus olhos, para filmar as suas proprias mãos.

O que ele vê é a si mesmo dentro do jogo, no caso o Acetto Corsa, não vamos falar de realismo gráfico e sim no nível da simulação e imersão, o rapaz pilota carros reais como é possível ver em seu canal e existem vídeos que ele faz comparação entre voltas reais e voltas em realidade mista.

VR: Realidade ou Mito?

A diferença da realidade mista é você ter a referencia de algo que conhece, e em um jogo de corrida, por estar dentro de um veiculo você dá ao seu cerebro um motivo pra ver coisas se mexerem e ainda assim estar parado, pois você esta “dentro de algo”. Então, como o proprio rapaz comentou, não sente-se enjoado ou com tonturas jogando por muitas horas.

Então, dei toda essa volta pra comentar somente isso, assim como o D-pad é para os jogos oldschool e como o Kinect é para os jogos de dança o a realidade mista é para os jogos de corrida e simuladores de avião ou jogos arcade de espaçonave ou qualquer outra coisa que você possa jogar estando “dentro” de algo.

D-Pad!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s