Sense8 (2015) – A Volta Filosófica dos Irmãos Wachowski

No ano de 1999 eu me deparei com um filme que hoje pode ser considerado um clássico do cinema. Assisti em VHS no meu famigerado Vídeo Cassete. Para a época o filme quebrava paradigmas e durante alguns anos ficou sendo um dos melhores e que talvez tenha moldado a minha opinião relevante a sétima arte, fazendo-me ser o cinéfilo que hoje sou. Matrix trouxe uma legião de fãs, com sua ação e aventura desfreada junto ao seu enredo cabeça e filosófico. Foi uma pena que The Wachowskis após isso declinaram fundo ao abismo, criando a partir dali uma infinidade de filmes que apenas visavam visual, ação e nada mais.

Quando achei que não veria outra criação digna desses irmãos talentosos, eis que a Netflix nos proporcionou uma ótima série (mais uma dentre tantas), Sense8. E aqui, meus amigos é o retorno de dois grandes cineastas que se acharam no meio do tempo perdido.